Seja Bem vindo,

Entrar  \/ 
x
x

Facebook

Educação

Vélez Rodríguez... O exterminador de doutrinadores marxistas

Postado por em em Educação

b2ap3_thumbnail_WhatsApp-Image-2018-11-25-at-22.22.21.jpg

Olavo de Carvalho, ícone da direita, marcou um golaço de placa ao indicar e ser aceito pelo então presidente Jair Bolsonaro, o filósofo Ricardo Vélez Rodríguez para chefiar o gigantesco Ministério da Educação.

Vélez Rodríguez, colombiano naturalizado brasileiro é um “antimarxista de carteirinha”. O professor, sequer esconde seu apreço pelo golpe militar de 1964, e ainda ostenta como status, seu implacável combate a “ideologização” nas escolas.

Desta forma, o novo ministro chega com potencial de um exterminador de ideologias a esquerda, configurando-se como a grande aposta da ‘bancada da bíblia’ no congresso federal, para colocar em prática o projeto de desmonte da doutrinação marxista nas escolas e universidades fortemente criticadas por inúmeros setores da sociedade.

Tanto é que, em nota emitida na sexta-feira, 23, o novo ministro já mostrou o tamanho dos canhões ao bombardear certeiramente a “instrumentalização ideológica da educação em aras de um socialismo vácuo” ao longo dos governos petistas. “Pretendo colocar a elaboração de normas no contexto da preservação de valores caros à sociedade brasileira, que, na sua essência, é conservadora e avessa a experiências que pretendem passar por cima de valores tradicionais ligados à preservação da família e da moral humanista”, pontuou que vai lutar firme ao lado dos movimentos conservadores como, por exemplo, Escola Sem Partido.

...
Continuar lendo
Acessos: 184 Comentários

Em tempo recorde, ampliação e reforma EMEMI Luzia Rizzo Pezenti, é concretizada em Vila Rosina

Postado por em em Educação

b2ap3_thumbnail_escola.jpg

A população da Vila Rosina recebeu mais uma melhoria entregue pela gestão do prefeito Gersinho Romero e do vice Adriano Sopó, atendendo a uma indicação do vereador Nelson Fiore Jr.: a entrega da reforma e ampliação da EMEMI Vovó Luzia Rizzo Pezenti, que ocorreu na terça-feira, dia 21.

“Esta gestão está fazendo a diferença, com um olhar especial para a Educação. Toda a reforma dessa escola foi cuidadosamente pensada, para garantir um espaço adequado e seguro para as crianças, funcionários e toda a comunidade, além de ampliar o atendimento de 0 a 3 anos”, destacou a Secretária de Educação, Shirley Santos, que agradeceu a todos os funcionários da Secretaria de Educação que se empenharam no projeto de reforma da Escola, junto a equipe da Secretaria de Obras, bem como a todos os pais pela compreensão durante o período das obras.

Após a reforma a escola possui 2 entradas, uma para o Pré e outra para a Creche, 3 novas salas para atender crianças de 0 a 3 anos, um refeitório para o maternal e outro para educação infantil, sendo que orefeitório da creche tem o diferencial do mobiliário, adequado para os bebês.

O pátio externo foi coberto com telhas transparentes, além de um espaço bastante acolhedor reformado no refeitório.

...
Continuar lendo
Acessos: 366 Comentários
0

+ Melhorias na EMEMI Luzia Pezenti

Postado por em em Educação

b2ap3_thumbnail_7---Educao.jpg

Buscando proporcionar um espaço mais acolhedor para alunos e professores das escolas municipais, o prefeito Gersinho Romero já realizou e continua promovendo reformas. Estão em andamento obras na EMEMI Luzia Rizzo Pezenti, na Vila Rosina.

A Escola passa por uma reestruturação, ampliando as salas que atendem os alunos do período integral e agora conta com pátio coberto, oferecendo mais comodidade para todas as crianças. O telhado recebeu adequação, com a instalação de claraboia.

No refeitório, estão sendo realizadas melhorias no forro e na pintura e, na parte externa, as grades e portões receberam nova pintura.

Na segunda-feira, o prefeito Gersinho, o vice Adriano Sopó, e a secretária de educação, Shirley Santos, estiveram na escola realizando uma vistoria.

...
Continuar lendo
Acessos: 413 Comentários
0

Você já se perguntou o porquê da esquerda marxista ter emparedado e fuzilado dezenas de milhões por todo planeta?

Postado por em em Educação

b2ap3_thumbnail_Editorial.jpg

Desde o tempo que eu era petista, me enojava a frieza com que os esquerdistas tratavam a morte. Se fosse a morte de um dos seus, colocava-se o defunto nas costas e saia-se desfilando em praça pública numa busca desesperada por um foco de câmera, mas se fosse um policial, estudante, chefe de família, por exemplo, o silêncio fúnebre imperava e a preocupação com o direito do humano bandido era imediata. Fui testemunha ocular de defesas implacáveis de assassinos, estupradores, traficantes e paradoxalmente testemunhei a obstinação petulante em fazer de genocidas históricos como Che Guevara, Lenin, Stalin, Mao Tse Thung... um novo Cristo do mundo socialista.

O fato é que o tempo passou. Estudei, me graduei, publiquei livros, fiz pós-graduação, conclui o mestrado e agora como aluno especial, navego pelos mares do doutorado, onde finalmente encontrei a resposta do por que da esquerda marxista ter emparedado e  fuzilado gratuitamente dezenas de milhões de inocentes por todo mundo.

O dramaturgo e poeta alemão Bertolt Brecht (1898-1956), muito conhecido pela esquerda por meio do seu poema clássico “o analfabeto político”, publicou também outros poemas exaustivamente explorados por marxistas. No entanto, há outros clássicos famosíssimos de Brecht na Europa e Estados Unidos, mas curiosamente desconhecidos nas escolas marxistas/freirianas do Brasil.

Num desses poemas, Brecht nos provoca a pensar como seria o julgamento de um “homem bom” por uma corte de “juízes comunistas”, data venia a ideologia marxista enraizada na mentalidade do juiz com poder de julgar.  Detalhe, o julgado é um homem justo, fiel, de palavra, honesto, despossuído de interesses pessoais, sábio, cheio de bons amigos, mas seu único crime é ser um simples conservador, não é um marxista, ele nem se quer é filiado ao partido comunista.  Pasmem com a sentença dos juízes segundo as palavras de Bertolt Brecht:

...
Continuar lendo
Acessos: 1717 Comentários
0

Paulo Freire: o “Assassino” da Educação Brasileira

Postado por em em Educação

b2ap3_thumbnail_2---Educao---Paulo-Freire.jpg

Paulo Freire é considerado o patrono da Educação brasileira. Isso porque, desenvolveu uma teoria educacional que foi amplamente defendida por políticos de esquerda e enfiada goela abaixo nas escolas de norte a sul do Brasil. O educador está tão enraizado no imaginário popular, que em paredes de muitas escolas acha-se uma frase “bonitinha” sua, assim como nas aberturas de reuniões pedagógicas, dentre várias outras situações. Qualquer professor que sonha em passar num concurso federal, estadual, ou até nos menores municípios, é obrigado engoli-lo assim como todos os pensadores que gravitam em sua órbita como Caio Prado Júnior, Nelson Werneck Sodré, Sérgio Buarque de Hollanda, Florestan Fernandes, Darcy Ribeiro, Maria Yedda Linhares e por aí vai.  

Hoje é sabido que uma das principais manobras da política dos esquerdistas é construir mitos, e mantê-los como intocáveis ou como divindades absolutas de todas as verdades, mas o fato inconteste é que depois de três longas décadas manducando os discursos freireanos, o Brasil tornou-se em larga distância, o exemplo máximo no planeta em atraso educacional, e quem garante isso é o próprio ranking do Pisa – Programa Internacional de Avaliação de Alunos que coloca o Brasil nas últimas colocações dos 70 países avaliados.

Para entender os números deste retrocesso estatisticamente comprovado com a pedagogia mitológica de Paulo Freire, basta lembrar que o pedagogo era adepto da teoria marxista e desenvolveu a aplicabilidade da “luta de classe” por meio da sua obra: “Pedagogia da Libertação”.

Por este caminho pedagógico a ideia de Karl Marx chegaria ao ambiente escolar, fazendo dos menos favorecidos, ativistas políticos, e não mais membros de uma educação despossuída de ideologias e partidarismo.  Na prática, nada menos do que a já conhecida doutrinação marxista nas escolas e universidades, que em vez de formar cidadãos e profissionais para o crescimento do país, forma soldados dispostos a defender com unhas e dentes o marxismo no meio acadêmico.

...
Continuar lendo
Acessos: 2855 Comentários
Top

Central de Atendimento

atendimento.fw

Site seguro

safe-browsing

Redes Sociais

  • Facebook: EditoraMulticultural
  • Twitter: emulticultural
  • YouTube: channel/UC_7kEnE7YslQeJ9N93BViRg

As imagens publicadas neste site são meramente ilustrativas. Preços e condições exclusivos para o site www.editoramulticultural.com.br, podendo sofrer alterações sem prévia notificação. Rua João Rosolen, 125 Vila Rosina - Caieiras/SP - Telefones (11) 4605 6401 - (11) 9 7404-0640 (Marcelo) - (11) 9 7566-0844( Quitéria)

}